Loja Virtual para Roupas: 40 Dicas de Sucesso

Fique por dentro das melhores dicas sobre loja virtual para roupas no sentido de alcançar sucesso máximo com vendas online.

187

Loja virtual para roupas é uma das melhores formas de ganhar dinheiro online rapidamente. As listas com e-commerce de sucesso sempre têm grandes varejistas ou pequenos produtores de vestuários que vendem ao mundo inteiro.

Mas, não adianta apenas montar um e-commerce de roupas e esperar as vendas aconteceram como se tudo fosse uma simples mágica.

Você precisa considerar alguns aspectos importantes para aumentar as chances de vender online.

Neste post vamos demonstrar quais as melhores dicas de sucesso que você deve considerar ao montar ou reformar uma loja virtual para roupas masculinas ou femininas.

Índice: Loja Virtual de Sucesso para Roupas e Acessórios

  • 1 # Dicas de Loja Virtual para Roupas: Magento Profissional;
  • 2 # Conexões Virtuais: Loja de Roupas Online;
  • 3 # Preços dos Produtos na Loja Virtual para Roupas;
  • 4 # Realidade Virtual: Senso de Propriedade;
  • 5 # Lojas Virtuais para Roupas e Provas Sociais;
  • 6 # Oferecer Diferenciais;
  • 7 # Envolver Clientes com Projetos Criativos;
  • 8 # Gerar Conteúdo para Acesso Orgânico;
  • 9 # Gerar Conteúdo para Acesso Pago;
  • 10 # Conteúdos Integrais;
  • 11 # Melhores Análises de Big Data;
  • 12 # Trabalhar com os Dados;
  • 13 # Personalização Profissional;
  • 14 # Tecnologia que Acompanha a Moda;
  • 15 # Pesquisa Visual;
  • 16 # Loja Virtual para Roupas e SEO;
  • 17 # Métodos de Pagamento;
  • 18 # Segurança no Pagamento: Loja Virtual para Roupas;
  • 19 # O Poder do Email Marketing;
  • 20 # Comece um Blog no Mesmo Endereço do E-commerce;
  • 21 # Contato com Blogueiros Profissionais;
  • 22 # Tutorial em Vídeos ao Vivo: Cenas por Trás dos Bastidores;
  • 23 # De Cabeça nas Mídias Sociais;
  • 24 # Destaque os Produtos nas Redes Sociais;
  • 25 # Concursos nas Mídias Sociais;
  • 26 # Publicidade Paga e Acesso às Páginas das Lojas Virtuais para Roupas;
  • 27 # Incluir URL da Loja na Assinatura de Email;
  • 28 # Imprimir URL nos Materiais de Marketing;
  • 29 # Marketing Direto Ainda Funciona;
  • 30 # Publicidade de Carrinho de Supermercado;
  • 31 # Coloque Cupons em Pacotes;
  • 32 # Atualize a Mensagem em Espera;
  • 33 # Otimizar Nomes e Descrições de Produtos;
  • 34 # Otimize as Fotos e Imagens;
  • 35 # Google Shopping: Loja Virtual para Roupas;
  • 36 # Experimente Anúncios PPP (Pay-Per-Click);
  • 37 # Junte-se a Associações Locais;
  • 38 # Publicidade Boca a Boca;
  • 39 # Programa de Indicação;
  • 40 # Comentários em Fóruns e Grupos: Lojas Virtuais para Roupas.

1 # Dicas de Loja Virtual para Roupas: Magento Profissional

Loja virtual para roupas Magento.

Em termos modernos nos quais existe muita concorrência para vendas online você precisa impressionar os clientes logo no primeiro clique na página inicial da loja virtual.

Por este motivo que a loja virtual de vendas precisa ter um layout perfeito, com arquitetura da informação qualitativa, num design intuito que passa confiança aos consumidores.

Em todos os aspectos relacionados com lojas para roupas e outros tipos de produtos ou serviços, a melhor indicação é usar Magento, um sistema web de e-commerce com código aberto.

Qual significado de código aberto? Simples! Isto significa que qualquer programador pode criar as mais diferentes funções personalizadas para e-commerce.

Por causa desta liberdade aos programadores, hoje em dia Magento representa a melhor escolha como sistema de loja virtual para roupas dos mais diversos tipos.

Contudo, grande parte dos vendedores online não tem a mínima ideia de como construir ou administrar uma loja virtual para roupas Magento, e, por consequência, escolhe qualquer sistema mais fácil de usar com tudo já construído previamente, sem personalização.

Resultado: Ocorre o fracasso nas vendas de roupas online!

Neste sentido, se você não tem a mínima ideia de como construir uma loja virtual para roupas no Magento, procure uma plataforma que ajuda a executar os serviços: AddStore.com.br, por exemplo.

2 # Conexões Virtuais: Loja de Roupas Online

Conexões virtuais em lojas online.

A principal barreira em termos de loja virtual para roupas é que os usuários desejam experimentar as roupas antes de comprar, algo muito difícil nas vendas online porque vendedores não têm disposição de enviar produtos antes do pagamento.

Em primeiro lugar, os potenciais clientes querem saber se a roupa é apertada ou folgada.

Invista em conexões virtuais que demonstram os tamanhos nos mínimos detalhes para clientes se sentirem mais seguros em comprar online.

Você também pode colocar outros aspectos para facilitar ainda mais a compreensão dos clientes quanto à roupa: Formato do corpo, altura, peso, idade e altura.

Em uma análise ainda mais detalhista, insira também dados relacionados com combinação de cores de cabelo, tons de olhos, entre outros aspectos.

3 # Preços dos Produtos na Loja virtual para Roupas

Preços e lojas virtuais para roupas.

A precificação dos produtos é outro dos aspectos mais importantes ao sucesso das lojas virtuais para roupas.

Para precificar considere 3 aspectos fundamentais:

A: Se você pretende vender produtos já populares no varejo vale a pena considerar os preços mais baixos possíveis, porque grandes varejistas já possuem confiança entre internautas.

B: Por outro lado, quando você quer vender roupas online mais exclusivas com poucas ofertas no mercado regional é possível elevar os preços.

Um exemplo: A loja Pashmina.com.br vende certa roupa indiana que se chama Pashmina, feita de forma exclusiva em uma região da Índia, produto muito procurado por questões fashion ou pelas razões do esoterismo.

Os donos da loja conseguiram contato direto com fabricantes da Pashmina após uma viagem de férias à Índia.

Hoje em dia apenas este site vende tal produto e tem a liberdade de precificar da forma que desejar.

Cada Pashmina pode custar R$ 1.500! O site faturou mais de R$ 80 mil nos seis primeiros meses.

C: Se você produz o próprio vestuário a ser vendido na loja virtual para roupas também existe mais liberdade para precificar.

Porém, é aconselhável precificar com preços um pouco acima do custo da produção para conquistar uma cartela de clientes fiéis. Conforme aumenta a demanda você pode elevar os preços.

4 # Realidade Virtual: Senso de Propriedade

Realidade virtual envolve internautas.

“Final feliz, isto é normal, realidade muito mais virtual”, uma frase presente na música “Realidade Virtual” da banda Cidade Negra que explica muito bem esta dica de loja virtual de roupas de sucesso.

Quando as pessoas optam por comprar roupas online quase sempre querem o final feliz, ou seja, um produto que corresponde às expectativas e fica legal no corpo!

De 100 compradores de roupas na internet, 99 desejam saber como o produto se encaixa. E hoje em dia isto é possível com aplicativos de realidade virtual aumentada.

Neste sentido, faça como fazem muitos lojistas de sucesso e invista em aplicativos nos quais os clientes podem carregar uma imagem de corpo inteiro e vesti-la online com a roupa desejada.

O e-commerce Glasses.com aumentou os lucros acima dos 100% depois de investir no aplicativo que oferece aos usuários a capacidade de fazer upload de uma foto e visualizar a imagem junto com os produtos.

Isso cria um senso de propriedade comum de compra na loja virtual para roupas, muitas vezes perdido nos sites de vendas mais comuns sem tecnologia de ponta.

5 # Lojas Virtuais para Roupas e Provas Sociais

Loja virtual de roupas.

As provas sociais funcionam como um fator adicional para convencer consumidores de que vale a pena comprar os produtos no seu e-commerce.

Quase todas as pessoas no mundo desejam uma aprovação, especialmente quando se trata de moda.

De fato, a aprovação-social é muitas vezes mais poderosa do que a auto aprovação.

Em outras palavras, é reconfortante pensar que você fica bem em alguma roupa. E ouvir alguém dizer isso soa como ouro ao comércio eletrônico.

Ao considerar alguns exemplos de lojas virtuais para roupas modernas o cliente pode fazer upload de uma foto trajando a roupa comprada no e-commerce. Assim, outros membros da comunidade clicam em “Curtir” ou “Favoritos”.

Construir looks socialmente aprovados é um diferencial que poucas lojas virtuais de roupas oferecem na prática, mas faz uma diferença notável no poder de convencimento.

Você pode construir provas sociais de muitas maneiras diferentes:

  • Comentários no e-commerce ou nas redes sociais relacionadas à loja virtual;
  • Testemunhais de pessoas felizes por comprar roupas no e-commerce;
  • Vídeos do consumidor recebendo o produto em casa;
  • Vídeos dos consumidores sobre as roupas ou a qualidade do atendimento;
  • Entre outras formas.

6 # Oferecer Diferenciais

Lojas virtuais para roupas.

Por que uma pessoa se sentiria disposta a comprar uma roupa online no seu e-commerce?

Comerciar online exige uma oferta superior em diferenciais, além até mesmo do que as lojas físicas.

Não se esqueça de que parte dos consumidores sempre realiza pesquisas nos mais diferentes sites para saber qual oferta se destaca nos diferenciais.

Considere alguns dos seguintes diferenciais:

  • Promoções pague 2 leve 3;
  • Frete grátis;
  • Cupons de desconto;
  • Preços mais baixos;
  • Preços diferentes para clientes fiéis;
  • Aplicativos para existir mais interatividade;
  • Produtos únicos;
  • Entre outros diferenciais.

7 # Envolver Clientes com Projetos Criativos

E-commerce para roupas.

Quer realmente envolver clientes? Faça um jogo!

Um grande e-commerce de roupas com donos americanos criou certo aplicativo gratuito no qual os usuários competem para se vestir melhor.

As imagens com roupas são postadas e outros usuários podem votar no melhor dos melhores em um ranking.

A loja virtual para roupas gera prêmios – ou seja, roupas – para os internautas com mais pontuação.

Um projeto deste tipo é divertido e envolvente, naturalmente.

Não se esqueça de uma dica típica dos manuais sobre loja virtual para roupas: Quanto mais os visitantes se envolverem, mais chances de acontecer uma compra no ciberespaço de vendas.

8 # Gerar Informações para Acesso Orgânico: Marketing de Conteúdo

Marketing de conteúdo para lojas virtuais de roupas.

Não pense você que o seu site vai liderar a posição nas listas dos principais buscadores apenas por existir.

Existem diversos aspectos importantes a serem considerados para qualquer e-commerce estar pelo menos na primeira página do Google ou outros buscadores, um deles é a geração de conteúdo.

Construa blogs, torne-os populares e faça link das publicações para o seu site de roupas. Além de gerar conteúdo próprio em um ambiente próprio, você também valoriza a marca frente aos formadores de opinião.

Um blog é mais do que uma ótima maneira de se estabelecer como líder no setor, também representa uma forma indireta de ajudar a promover lojas online.

Inclua um link relevante de volta à sua loja em cada postagem do blog (vincule a home page do e-commerce ou vincule a um produto diretamente).

Certifique-se de que cada blog seja informativo e útil (não se esqueça de vincular as imagens também presentes no ecommerce, mas insira nos posts com nomes e legendas diferentes).

Se o conteúdo não for de qualidade este vai ser um trabalho à toa.

No entanto, posts de blog de qualidade ajudam você a expandir os negócios online.

Quanto mais páginas possuem publicações relacionadas à marca, mais chances existem de a loja aumentar a audiência e ranquear melhor nos buscadores.

Outra forma de trabalhar com conteúdo próprio é via email marketing, uma das primeiras formas de marketing online de loja virtual para roupas ainda atual hoje em dia.

Crie campanhas de email marketing! Organize a lista com base em consumidores que já ou não compraram na loja, clientes fiéis, compradores em potencial, entre outros.

Depois envie uma sequência de mensagens no email marketing destinada aos públicos de cada lista.

Vídeos no Youtube ou em outros canais na internet (pode ser até um canal integrado às lojas virtuais para roupas) também funcionam como uma ótima promoção da marca.

Você pode usar os próprios usuários do site para gerar conteúdo. Por exemplo, abrir um fórum de notícias com respostas para dúvidas sobre a loja ou da moda relacionada ao tipo de vestuário comerciado no e-commerce.

Nos vídeos, você pode apresentar as roupas, demonstrar comentários positivos, fazer comerciais, contratar uma profissional para comentar sobre moda, entre outros aspectos que ligam a moda à loja virtual. Abuse da criatividade.

9 # Gerar Conteúdo para Acesso Pago

Publicidade para e-commerce de roupas.

O acesso social pago também é uma forma válida no sentido de promover os produtos da loja e por consequência gerar mais vendas online.

Um exemplo: É possível investir em propagandas do Google para ficar na frente nos resultados das buscas dos produtos vendidos nas lojas, via lista de anúncios pagos.

Desta forma, você também consegue anunciar nas propagandas no Google em blogs ou sites de notícias que possuem bastante acesso.

Uma das formas mais tradicionais para gerar acesso pago é nas redes sociais populares convencionais.

Mas, não se esqueça de investir também nas mídias colaborativas menos populares, afinal, vendas às vezes acontecem nos lugares menos esperados.

10 # Conteúdos Integrais

Integridade no conteúdo do e-commerce.

Seja para construir mensagens de marketing ou até mesmo no sentido de elaborar as descrições dos produtos, jamais copie de fontes offline ou online.

Quando os buscadores identificam um mínimo de cópias de textos rebaixa o site na lista dos resultados das buscas, o que prejudica a quantidade e a qualidade do acesso.

Sem acesso não há vendas!

Também é importante não copiar as imagens de outros sites que vendem o mesmo tipo de produto. Crie as próprias fotos e evite qualquer chance de sofrer processos na justiça.

11 # Melhores Análises de Big Data

Poderosa Big Data para E-commerce.

A análise é tão crítica para as vendas online quanto à costura para identificar falsificações.

Infelizmente, a maioria das lojas virtuais de moda de pequeno a médio porte não tem acesso ao tipo de análise de Big Fata semelhante à Amazon.

Um exemplo de sucesso: O banco de dados do StyleSage.com combina mais de mil varejistas, 60 mil marcas e 64 milhões de produtos – sempre de olho nas oportunidades de parceria no varejo.

12 # Trabalhar com os Dados

Dados do e-commerce.

Infelizmente, ter dados não é suficiente!

Você precisa saber o que fazer com esses dados!

Google Cloud Platform aproveita o aprendizado de máquina em nome da sua loja.

O mecanismo de recomendações do produto no Google Cloud Platform analisa as compras anteriores, pesquisas relacionadas, imagens populares e até mesmo textos para fornecer – com clarividência de inteligência quase artificial – exatamente o que cada cliente deseja consumir.

13 # Personalização Profissional

Lojas virtuais personalizadas para roupas.

De fato: é mais fácil para você se as pessoas compram de robôs, mas o povo não quer sentir como se estivesse comprando de máquinas.

Por este motivo que há loja virtual de roupas que oferece personalização ao cliente usando algoritmos flexíveis que criam mensagens de acordo com o (a) usuário (a) e como ele (ela) se interage com a loja no passado.

Ainda é um robô, mas ninguém vai saber se você não informar este fato.

14 # Tecnologia que Acompanha a Moda

Moda tecnológica.

A tecnologia e a moda se fundiram oficialmente. Roupas ou acessórios com ligações tecnológicas soam como novidades, tendências modernas, e, claro, mais vendas.

Fitbit Blaze e Apple Watch representam um exemplo de como a tecnologia pode acompanhar a moda e movimentar muitas vendas online.

Novas entradas como Ringly – um toque “inteligente” que sincroniza com qualquer dispositivo móvel e avisa quando você perde uma ligação, recebe mensagem ou e-mail – demonstram que empresas podem se unir para lançamentos de novidades que vendem bastante.

15 # Pesquisa Visual

Pesquisa visual na loja virtual.

A maioria das pessoas está acostumada com barra de pesquisa, mas as imagens são muito mais divertidas e relevantes à moda, francamente.

Imagine clientes iniciando a pesquisa com uma série de imagens. Quando encontram algo de que gostam, clicam na peça da roupa específica e compram rapidamente.

16 # Loja Virtual para Roupas e SEO

Seo em loja virtual para roupas de bebê.

Search Engine Optimization (Otimização para Mecanismos de Busca), termo também conhecido pela sigla SEO, engloba técnicas tanto no texto das descrições dos produtos nas lojas como “URL” ou questões de programações.

Em termos textuais, você pode buscar no Planejador de Palavras Chaves Google Adwords os termos mais populares relacionados com seus produtos para nomear todos os itens à venda ou construir artigos de blogs ligados ao e-commerce.

Fazer uma análise SEO e implementar as melhores práticas de otimização ajuda em otimizar a loja virtual de roupas nos buscadores mais populares.

17 # Métodos de Pagamento

Métodos de pagamento em loja virtual para roupas.

Muitas opções para métodos de pagamento podem servir como um excelente critério de desempate no sentido de compradores online decidirem realizar a compra em determinado ecommerce.

Se uma pessoa não tem cartão de crédito pode apenas realizar aquisições online via boletos bancários, por exemplo.

Também existem casos nos quais compradores preferem não usar dinheiro estatal para comprar online, mas sim criptomoedas, tendência que cresce a cada dia de forma significativa.

Disposição para aceitar cartão de crédito significa algo indispensável, mas também é possível oferecer opção para pagamentos a prazo.

Outra opção convencional nos dias de hoje está na possibilidade de pagar com bancos virtuais, tais como PayPal, Pagseguro, Google Play, entre outras opções.

18 # Segurança no Pagamento: Loja Virtual para Roupas

Pagamento com segurança no e-commerce para roupas.

Hoje em dia, o principal medo de realizar compras em loja virtual para roupas por parte dos consumidores é a segurança.

As pessoas possuem receio de ter dados clonados, cobranças indevidas, invasão de dados pessoais por parte de hackers e outros problemas convencionais no mundo online.

Existem muitos selos de segurança e antivírus que ajudam a transformar o espaço de vendas em um ambiente mais seguro.

Também é possível investir um pouco de dinheiro para colocar o HTTPS (Certificado de Segurança SSL) ao invés de apenas HTTP na frente do domínio no site de vendas. Desta forma os buscadores reconhecem o ecommerce como ambiente seguro para a navegação.

19 # O Poder do Email Marketing

Envie email marketing para melhorar as chances de vender roupas online.

Quando o (a) cliente abrir a loja virtual de roupas ou os blogs relacionados ao e-commerce é preciso acontecer a abertura de uma nova tela na qual você pode captar emails de clientes em potencial.

Não se esqueça de captar também o email dos compradores sempre após cada compra para tornar poderosa a sua lista de email marketing.

Depois de fazer isso, comece a enviar boletins informativos semanais (se possível) que destacam seus produtos com imagens excelentes e conteúdo persuasivo, ainda que sucinto, vinculado diretamente a cada produto para facilitar as compras.

Quando você tem promoções de vendas, não se esqueça de anunciar e promovê-las por email para que os clientes possam aproveitar os preços exclusivos imediatamente.

Economia: O MailChimp é uma opção gratuita e fácil de usar para proprietários de pequenas empresas.

Embora a venda de roupas via email marketing não é garantida, você pode aumentar suas chances de vender tirando fotos incríveis dos produtos e escrevendo descrições convincentes completas sem erros de digitação.

20 # Comece um Blog no Mesmo Endereço do E-commerce

Blog de Lojas de Roupas!

Na dica 8 de sucesso de loja virtual para roupas informamos sobre a importância de ter um blog externo, ou seja, com nome diferente da loja, como se fosse espaço de notícias imparciais para atingir públicos diversos, sem esquecer de linkar os artigos com o e-commerce.

Agora vamos falar sobre ter um espaço de blog no próprio ciberespaço da loja virtual para roupas dos mais diferentes gêneros.

Ao gerar conteúdo no próprio espaço de vendas o site fica indexado em uma posição mais elevada. Também aumenta a relevância social do e-commerce.

21 # Contato com Blogueiros Profissionais

Blog, marketing de conteúdo e lojas virtuais de roupas.

Realize uma pesquisa online para encontrar um ou mais blogueiros famosos com conteúdos relacionados aos seus produtos.

Certifique-se de verificar quantos comentários estes influenciadores de opiniões recebem e qual é o tamanho dos seguidores nas contas de mídia social para avaliar a popularidade.

Forneça uma amostra do seu produto gratuitamente. Se possível, faça um pagamento em troca de resenhas.

Você recebe uma resenha, um leitor ganha produtos gratuitos e há uma promoção de valor inestimável diretamente para o público-alvo – todos ganham com esta performance em marketing de conteúdo de loja virtual para roupas na busca do sucesso no comércio online.

22 # Tutorial em Vídeos ao Vivo: Cenas por Trás dos Bastidores

Vídeos criativos para vender roupas na internet.

As pessoas adoram um bom vídeo fácil de compartilhar. Este trabalho pode adicionar profundidade ou clareza aos seus produtos, além de ajudar nos ganhos de popularidade no mercado-alvo.

Por exemplo, se você vender roupas para bebês, mostre aos pais as diferentes maneiras de usar.

Se houver apenas uma maneira de trajar mostre bebês adoráveis usando as roupas nos vídeos.

Uma vez que você vende roupas para cães, por que não mostrar um pouco de ação de costureiros (as) construindo o vestuário?

Se você faz roupas fashion, mostre acessórios que combinam com os modelos de vestuários, desfiles de moda, costura, entre outros exemplos.

Quando terminar, compartilhe esses vídeos no YouTube (crie a própria conta da empresa de loja virtual para roupas) e compartilhe em todos os outros sites de mídia social.

Agora que o Youtube Live é popular, você também pode considerar demonstrações de produtos ao vivo ou exibir alguns dos divertidos bastidores.

23 # De Cabeça nas Mídias Sociais

Vender roupas da loja nas redes sociais.

A mídia social é essencial se você quer promover uma loja virtual para roupas de maneira eficaz.

Mas, como com qualquer coisa na vida, é preciso esforço e tempo para construir seguidores.

Dependendo do tempo disponível (ou se você pode delegar tarefas a qualquer outra pessoa), no sentido de ajudar a comercializar sua loja (e continuamente tentar novos sites para descobrir o que funciona melhor ao negócio) se inscreva em todas as redes sociais possíveis.

Não se esqueça de administrar os resultados e sempre investir tempo adicional nas mídias sociais que mais convertem visitas em vendas.

24 # Destaque os Produtos nas Redes Sociais

Vender roupas nas redes sociais.

Ao marketing de mídia social funcionar você precisa postar regularmente.

Para a maioria das empresas, sucesso significa postar pelo menos uma vez por dia, senão de 2 a 3 vezes, dependendo de quantos seguidores existir na mídia social.

Poste fotos atraentes dos produtos da loja virtual para roupas que você oferece, junto com quaisquer transações referentes à moda atual.

Nas mensagens sociais sempre inclua um link direto ao produto específico para a compra rápida na loja online.

Peça aos seus seguidores para postarem fotos deles mesmos usando produtos para incentivar a interação e ajudar ainda mais no alcance online.

25 # Concursos nas Mídias Sociais

Loja virtual para roupas e vendas nas mídias sociais.

Os concursos de loja virtual para roupas são uma ótima maneira de divulgar o que você tem a oferecer, direcionar o tráfego para sua loja e aumentar seus seguidores nas mídias sociais.

Alguns sites têm regras específicas para a realização de concursos. Portanto, conheça tudo antes de começar a anunciar.

Ofereça algum de seus produtos como prêmio (ou junte pacotes de prêmios) e anuncie o concurso em todos os sites sociais que você usa, ou, apenas nos principais.

Publique sobre o sorteio frequentemente para incentivar inscrições (use os endereços de email que você consegue para construir seu banco de dados).

Peça ao vencedor para postar alguma foto na página com a roupa como uma das normas para receber o prêmio.

Diga algo como: “Mais produtos excelentes como esse você pode encontrar em (inserir URL)” para incentivar aqueles que visualizam o post com objetivo de verificar o que mais a loja pode oferecer.

26 # Publicidade Paga e Acesso às Páginas das Lojas Virtuais para Roupas

Publicidade paga para lojas virtuais.

Sites como Facebook, Twitter e Pinterest oferecem a possibilidade de usar publicidade paga para direcionar os consumidores certos a você.

Se tentar isso via Facebook, sugerimos que selecione uma métrica, como “cliques do website” ou “conversões do website”, porque você deseja que as pessoas cliquem no URL da sua loja online, não na página de fãs.

No Twitter, você pode tentar usar os “Tweets promovidos” para comercializar sua loja. Não se esqueça de incluir conteúdo conciso, mas atraente, junto com URL para ajudar a direcionar o tráfego.

Por exemplo, se você quer uma loja virtual de roupas pode ser algo como: “Quais as tendências mais badaladas da moda para o verão? Descubra aqui: (insira o URL abreviado)”.

27 # Incluir URL da Loja na Assinatura de Email

De Olho na Assinatura do Email.

Não importa qual provedor de email se usa, você deve ter uma assinatura de email personalizada que inclua o URL da sua loja.

Nada pior do que os usuários receberem uma notícia interessante de oferta imperdível, mas não conseguirem encontrar o endereço de acesso para efetivar a compra online.

28 # Imprimir URL nos Materiais de Marketing

Nome da loja virtual no marketing offline.

De cartões de visita a panfletos e tudo mais, o URL precisa ser incluído onde quer que você faça marketing na empresa.

Nunca saia de casa sem algo que você possa distribuir para clientes em potencial, sempre com o endereço do site.

Se você também estiver em um local físico, tente imprimir o URL da loja em suas sacolas de compras.

Como os clientes carregam as sacolas a loja virtual para roupas recebe uma boa promoção.

Melhor ainda…

…se você tiver orçamento para isso, compre algumas sacolas reutilizáveis ​​impressas com nome, logotipo e URL da loja e entregue a clientes que gastarem “X” em dinheiro.

Inclua um íman gratuito (que inclua o nome do site da sua loja, é claro) em todas as compras.

Dessa forma, os clientes atuais não se esquecem de onde compraram e podem direcionar você aos amigos deles.

29 # Marketing Direto Ainda Funciona

Mkt Direto e lojas virtuais.

Só porque você quer promover sua loja virtual para roupas, não um local físico, isto jamais significa que não seja possível usar marketing de mala direta.

A chave aqui é incluir um ótimo desconto, conteúdo descritivo e URL da loja online para fazer com que os compradores visitem seu site de vendas.

Pesquise os cupons de correios locais e jornais em sua área para encontrar bons lugares no sentido de você anunciar.

30 # Publicidade de Carrinho de Supermercado

Carrinho código QR.

Dependendo de como seu público-alvo é experiente, você pode ter um anúncio centralizado em código QR que leva os compradores de supermercado diretamente ao URL da loja depois do processo de digitalização.

Essa seria uma maneira rápida e fácil de comprar seus produtos online. Você também pode fazer um anúncio básico em vez disso, se isso não funcionar para o mercado-alvo.

31 # Coloque Cupons em Pacotes

Cupons de desconto para lojas virtuais.

Toda vez que você concluir uma venda no ecommerce virtual para roupas, se lembre de lançar um cupom no pacote para incentivar o consumidor a fazer compras novamente.

Tenha o URL impresso no cupom para facilitar ao cliente. Você também deve sempre incluir em um ou dois de seus cartões de visita a serem entregues juntos a cada pedido.

32 # Atualize a Mensagem em Espera do Telefone

Marketing na mensagem em espera.

Não se esqueça de atualizar sua mensagem em espera para que os consumidores saibam que agora podem comprar roupas online.

33 # Otimizar Nomes e Descrições de Produtos

Otimizar conteúdo de lojas virtuais.

Criatividade tem o seu lugar – mas não nos nomes dos produtos.

Você precisa ser direto e específico com nomes de produtos ou os clientes não conseguem encontrar o produto na pesquisa.

Por exemplo, se você vender lenços, não nomeie seu produto de “preto”, “néon”, “renda”, “princesa” ou “joaninha”, certo?

Se você fizer isso vai deixar de fora um detalhe importante – o lenço.

O nome é um lugar para descrever exatamente o que seu produto é para facilitar na busca dos clientes:

  • Lenço Preto – Leve e Moderno;
  • Lenço Floral Escuro;
  • Lenço de Rendas de Néon-Rosa com Bolinhas Brancas;
  • Cobertor Cachecol;
  • Lenço de Pescoço Vermelho;
  • Lenço Infinito Preto e Branco.

Use palavras-chave em nomes e descrições de produtos para ajudar sua loja a ser encontrada nos mecanismos de pesquisa.

Para pesquisar as melhores palavras-chave para cada um dos seus produtos, você pode usar o “planejador de palavras-chave” disponível gratuitamente pelo Google Adwords.

Use essas palavras-chave em cada uma das descrições de seus produtos naturalmente ou há chances de desativar clientes em potencial.

Utilize apenas uma palavra-chave por descrição / nome do produto.

Atenção: O lugar para ser um pouco mais criativo e descritivo é com as descrições dos seus produtos.

34 # Otimize as Fotos e Imagens

É importante nomear as fotos corretamente.

Dê às fotos bons nomes para que os mecanismos de pesquisa possam encontrar facilmente.

Por exemplo: Nomeie com camisa-verde-masculina.jpg em vez de 5150sd.jpg.

Fazer isso pode ajudar você a alcançar mais consumidores que pesquisam produtos no Google.

35 # Google Shopping: Loja Virtual para Roupas

De olho no Google Shopping.

O Google para varejo permite que você adicione seu feed de produtos ao site, facilitando a descoberta online da loja.

Você pode entrar em contato diretamente com seu mercado ou rever a lista de benefícios dos vendedores listados no seu website para descobrir se esse serviço está incluso na loja virtual.

36 # Experimente Anúncios PPP (Pay-Per-Click)

Anúncios PPC.

Campanhas de pesquisas pagas (ou seja, anúncios pay-per-click) em mecanismos de pesquisa como o Google ou o Bing podem ser uma ótima maneira de gerar tráfego e conversões na loja virtual para roupas.

Se você preferir não ter que realizar essa tarefa sozinho, alguns mercados online (incluindo o Scott’s Marketplace) fazem isso para você, economizando tempo e dinheiro.

37 # Junte-se a Associações Locais

A importância das associações locais.

As associações locais têm grandes seguidores e, além de muitos outros benefícios, juntar-se a algumas na sua área significa que a empresa fica listada nos diretórios online. Isso pode ajudar em aumentar o tráfego.

38 # Publicidade Boca a Boca

Publicidade boca a boca.

Quando um cliente faz uma compra, envie email de acompanhamento pedindo que revise a experiência no site de avaliação “x” de sua escolha.

Coisas gratuitas às vezes não têm análise positiva. Concentre-se no serviço excepcional ao cliente e no envio rápido, deixe a grande reputação de sua empresa crescer organicamente.

39 # Programa de Indicação

E-commerce e consumidores amigáveis.

Qual a melhor maneira de aumentar seu tráfego online do que oferecendo aos clientes atuais um desconto ou item gratuito para indicar amigos?

Seja crédito de 15 reais quando o amigo fizer a primeira compra de 40 reais, ou, simplesmente o item grátis abaixo de 20 reais se um amigo fizer uma compra de 30 reais, por exemplo.

40 # Comentários em Fóruns e Grupos: Lojas Virtuais para Roupas ou Acessórios

Fóruns de discussão para vendas.

Faça uma busca por fóruns relacionados ao produto que você vende para se estabelecer como um especialista em seu campo.

Escolha fóruns que permitam a você ter uma assinatura personalizada na parte inferior com URL e / ou nome de usuário vinculável.

Certifique-se de escolher um nome de usuário que faz você se destacar!

Se seguir estas 40 dicas você vai alcançar o sucesso ao trabalhar com loja virtual para roupas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.