João Riquena Neto: De Pedreiro a Dono de E-commerce Milionário

Das obras que pagavam remunerações baixas ao sucesso máximo com ecommerce vendendo ar-condicionado para todo o mercado nacional.

47

João Riquena Neto é dono do Central Ar, um e-commerce especialista na venda de ar-condicionado que registra centenas de milhões de reais de lucro anualmente.

Quem vê os resultados da Central Ar pode pensar que este negócio é mais um daqueles abertos por pessoas já milionárias, com capital suficiente para ficarem ainda mais ricas. Mas, funciona justamente pelo contrário.

O empresário João Riquena Neto veio literalmente da pobreza para se tornar um dos milionários brasileiros de sucesso nas vendas via e-commerce.

No começo da vida profissional ele também trabalhou de técnico em serviços de aparelhos de refrigeração. Mal sabiam os seus colegas e chefes que um dia João seria conhecido no Brasil por pertencer à lista dos brasileiros bilionários com e-commerce.

Uma Infância Complicada

João nasceu em São Paulo, precisamente na cidade de Araçatuba. Com poucos recursos na família ele não teve outra alternativa senão começar a vida profissional como boia-fria e pedreiro.

Depois de muita luta e muito sacrifício, João juntou dinheiro para investir nos estudos. Cursou ensinos técnicos com a esperança de dias melhores, se formou torneiro mecânico.

Mas, João Riquena Neto percebeu que aquilo ainda era muito pouco para a sua vida, pois ele estava neste mundo para vencer. Sequencialmente, iniciou seus trabalhos em uma empresa de manutenção de ar-condicionado.

Seguindo os Próprios Instintos

Seguindo os Próprios Instintos
Seguindo os Próprios Instintos

João Riquena Neto está hoje milionário não por causa dos conselhos da sua mãe, que pressionava o rapaz para se tornar um atendente de telefonemas em bancos, desejo talvez de grande parte das figuras maternas daquela época.

João com espírito empreendedor resolveu abrir o próprio negócio para conserto de ar-condicionado.

O negócio não foi muito bom lucrativamente, mas ele jamais desistiu e resolveu colocar em prática outra forma de faturar, ou seja, comprar os aparelhos no atacado e revender ao varejo.

Graças ao seu carisma irreverente e código de honra exemplar, principais fabricantes e melhores fornecedores abriram as portas para João, que a cada nova temporada fazia mais encomendas.

Aprendizados no Caminho do Sucesso

Caminho do sucesso do ecommerce
Caminho do sucesso do ecommerce

Ele abriu a própria loja física de vendas de ar-condicionado no interior de São Paulo e registrou vendas recordes. Ficou empolgado ao ponto de se sentir como o novo Abílio Diniz.

Empolgado, ao invés de vender apenas ar-condicionado, João ampliou seu estoque para vendas de todos os tipos de eletrodomésticos – o que foi um dos seus principais erros, pois gastos superaram lucros.

Nesta etapa de sua vida, João Riquena Neto aprendeu algo importante: você apenas deve trabalhar com aquilo que conhece de verdade. Outra lição: Em dias de ampla concorrência no varejo talvez seja melhor segmentar o seu nicho de negócio.

Após receber um grande aprendizado da vida e quase perder tudo, João resolveu que jamais iria errar de novo quanto às visões e exigências do mercado.

Confiando em sua mente genial, ele resolveu vender apenas ar-condicionado em lojas virtuais, considerando que gastos logísticos com comércios físicos superam custos de e-commerce.

Ele mesmo confessa ser de outra época, suspeitava que este tipo de negócio poderia dar certo, mas resolveu ignorar as desconfianças e seguiu conselhos de amigos e parentes mais novos, antenados com o mundo online.

João compreendeu que se aliasse a sua vasta experiência no setor técnico junto às vendas online poderia lucrar muito mais que com suas lojas físicas, retomando o caminho de sucesso.

Apenas após 2 anos de vendas o faturamento das lojas online foi além do que 95% ao comparar às lojas físicas, que, naturalmente fecharam no processo de contenção de gastos e otimização dos ganhos.

Em 2014, o e-commerce Central Ar registrou R$ 300 milhões de lucro!

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.