Exemplos de Lojas Virtuais de Sucesso com Histórias Estimuladoras

Veja 25 exemplos de lojas virtuais de sucesso que começaram do zero para chegar à renda dos milhões de reais ou dólares em pouco tempo.

1.608

Hoje em dia existem diversos exemplos de lojas virtuais de sucesso iniciadas por vendedores que não sabiam ao certo se os projetos dariam certo.

Antes estas pessoas donas das lojas virtuais de sucesso tinham apenas coragem e vontade de conquistar independência financeira.

Hoje, este pessoal colhe os frutos do sucesso graças à coragem de investir tempo e dinheiro nas lojas online.

Ao conhecer estes casos de sucesso com ecommerce você vai perceber que além de uma grande ideia é preciso fugir da concorrência ao vender produtos com bastante demanda e pouca oferta, seguindo conceitos básicos da economia liberal (oferta x demanda).

Detalhe: Quase todos os negócios online citados a seguir são construídos com base no Magento, melhor plataforma do mundo para construções de lojas online profissionais.

A seguir, conheça 25 exemplos de lojas virtuais de sucesso e se inspire para no futuro o seu nome também fazer parte desta lista.

1: 2GoBag. Exemplos de Lojas Virtuais de Sucesso

Exemplos de lojas virtuais de sucesso: 2GoBag.

Começando os exemplos de lojas virtuais de sucesso no Brasil e ao redor do mundo vale a pena enfocar um pouco da história das Marmiteiras de Luxo, um negócio online que dá certo até hoje aos vendedores-donos.

Este é um exemplo de sucesso sobre quando os vendedores estudam o mercado nacional ou internacional e encontram um produto com baixa oferta nas vendas, mas com grande demanda de compradores.

A 2GoBag é especialista em vender marmiteiros no formato de bolsas, algo que não existia no mercado nacional até estes vendedores colocarem à venda.

Desta forma, as mulheres podem levar o almoço ao trabalho sem pecar no estilo, basta abrir a bolsa e almoçar, economizando no dinheiro que seria gasto na refeição nos melhores restaurantes.

Gabi Viana e Karlos, estes são os dois amigos que tiveram esta ideia e colocaram em prática. No início confeccionaram apenas 29 unidades com investimento inicial de 400 reais.

As vendas aconteceram de forma rápida ao ponto de o negócio deles se tornar outro dos exemplos de lojas virtuais de sucesso consagrado.

Nos dias de hoje o ecommerce gera 200 mil reais de lucro anual. Cada marmiteiro-bolsa custa 300 reais.

2: Pashmina.com.br. O Segredo da Índia

Pashmira: Exemplos de lojas virtuais de sucesso.

Exemplos de lojas virtuais de sucesso soam como Pashmina, um exemplo de que ao compreender as regras de oferta e demanda você pode alcançar o sucesso nas vendas online.

Pashmina é um tipo de xale composto por uma lã especial existente apenas na Índia, por isto se trata de peça com valor elevado em nível de mercado.

Até as pessoas que visitam a fábrica possuem dificuldades em comprar, porque existe uma extensa lista com nomes de espera.

Mas, como contato é quase tudo no mundo dos negócios, após uma viagem à Índia, alguns brasileiros conseguiram contato direto com os fabricantes originais, o que resultou no grande negócio online.

Com menos de 6 meses de site no ar, os donos do ecommerce vendedor de Pashmina alcançou a cifra de 80 mil reais.

Não se pode ignorar o fato de que há clientes que chegam a pagar mais de 1 mil reais por peça! Às vezes, os vendedores vendem 100 unidades ao mês.

Também existe um trabalho especial no marketing de conteúdo que enfatiza a exclusividade na Pashmina da Índia.

3: Amora.jp. Ecommerce do Brasil no Japão

Aline e Diego Utiyama, donos da Imora.jp.

Esta é uma ideia que pode influenciar de modo positivo parte das pessoas sem muito dinheiro, mas com desejo intenso de enricar ao lançar um projeto digno de fazer parte dos exemplos de lojas virtuais de sucesso ao redor do mundo.

O casal Aline e Diego Utiyama, junto com a família, se mudou para o Japão para fugir da pobreza no Brasil, em busca de uma vida melhor, mais produtiva e enriquecedora.

A vida não era fácil. Os pais de Diego trabalhavam duro para educar o filho nas escolas japonesas, no Japão os custos da educação básica são altos.

Após trabalhar alguns anos numa loja especialista em Recursos Humanos (RH) e recrutamento, Diego percebeu que é possível lucrar com ecommerce, mas não tinha a mínima ideia do que poderia vender.

Foi aí que Aline teve uma ideia genial. Ela percebeu que os japoneses (e brasileiros-japoneses) amavam o estilo dos calçados brasileiros, mas não existia muita oferta deste tipo de produto no Japão.

Diego não teve dúvidas, apenas bastante coragem e confiança!

Ele abriu o Amora.jp em 2015, um ecommerce que vende no Japão calçados de marcas como Havaianas, Moleca, Dakota, Beira Rio, entre outros selos dos calçados nacionais.

De acordo com as estimativas do ecommerce, metade das compras acontece por públicos brasileiros residentes no Japão, a outra parte é composta por pessoas japoneses realmente.

No último ano a empresa teve lucro líquido de 31 milhões de iene, algo em torno de 1 milhão de reais.

A cada ano, Diego precisa buscar novos centros de distribuição e mais colaboradores para administrar o negócio que apenas cresce anualmente.

4: Exemplos de Lojas Virtuais de Sucesso. Árvore Express

Árvore Express: Ecommerce de Sucesso.

Quase todas as pessoas desejam ter plantas e flores ao redor da residência ou no quintal e jardim. Só que sair para comprar em floriculturas de qualidade é uma barreira física considerável.

Claro, muitas lojas especialistas em plantas e flores estão dispostas a entregar as compras após uma simples ligação dos consumidores.

Mas, como o consumidor pode ver a planta ou flor antes de fazer a compra? Esta é uma missão quase impossível nas aquisições via telefone!

Neste contexto que Luiz Vasconcelos e Carlos do Val pensaram num projeto que virou um destes exemplos de lojas virtuais de sucesso inspiradoras para muitos outros vendedores.

O negócio da dupla funciona como um tipo de delivery, no qual os clientes analisam cada item nos mínimos detalhes das fotos antes de confirmar a compra e receber na porta de casa.

Este negócio começou em 2015 com investimento inicial de 10 mil reais, muito menos do que o valor de qualquer carro popular.

Contudo, também existiu bastante trabalho no planejamento para o negócio funcionar perfeitamente. Foram estudados aspectos como:

  • Principal demanda por flores;
  • Principais demandas das plantas;
  • Principais ofertas de plantas e flores;
  • Indicações de paisagistas;
  • Busca por fornecedores baratos, confiáveis e de qualidade;
  • Processo logístico para o recebimento dos produtos e envio aos clientes.

Este é um dos grandes exemplos de lojas virtuais de sucesso, pois mesmo sem ter 1 hectare de terra os vendedores chegaram ao sucesso das vendas online, graças à inteligência na elaboração e prática nos processos no planejamento.

Atualmente, Árvore Express tem diversos fornecedores que entregam as plantas para um paisagista na CEAGESP (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), que entrega direto na casa dos clientes.

Este negócio não gera gastos com estoques. Os donos ganham mais de 20 mil reais na receita bruta ao mês.

5: Loja Dafiti. Sucesso nas Vendas Online

Exemplo de loja virtual de sucesso: Dafiti.

Quando surgiu a Dafiti era apenas uma pequena varejista sem destaque no mercado de comércios físicos.

Por outro lado, logo após um boom da internet no Brasil durante o começo do século XXI, os donos da Dafiti investiram pesado na internet, mesmo com muitas dificuldades.

Resultado: A empresa se expandiu consideravelmente, em principal por causa da presença marcante na rede mundial de computadores. Dafiti já trabalha com quase 60 mil produtos distintos no ecommerce.

Por causa do sucesso nas vendas, a Dafiti recebeu um investimento da Ontario Teachers de 170 milhões de reais.

Em 2017 a marca registrou receita bruta de 350 milhões de reais, aumento de 15% na comparação com o período anual anterior.

6: Biellíssima. Exemplo de Lojas Virtuais de Sucesso

Biellísima é um ecommerce de sucesso.

Com objetivo de ser um ecommerce especialista em inovação de acessórios e lingeries femininas, Biellíssima é hoje uma referência no setor, conforme indicam os manuais que têm exemplos de lojas virtuais de sucesso brasileiras.

Tudo começou no ano de 2014, quando Priscila Biella pesquisou o mercado e enxergou a possibilidade de liderar nas vendas de lingeries.

Ao invés de clientes terem que ir às lojas, agora podem acessar um site especializado, escolher uma entre milhares de opções e receber a compra na porta de casa.

O projeto começou com menos de 10 mil reais no investimento inicial. Atualmente gera um lucro bruto anual de 1 milhão de reais.

7: Sucesso da Ultrafarma na Internet

Ultrafarma: Do Sucesso das lojas físicas para a liderança no comércio eletrônico.

Ultrafarma é um dos exemplos de sucesso que a cada dia migra mais o processo de compra das lojas físicas para ecommerce.

A proposta da empresa é clara e se mantém também na internet: Vender remédios artificiais ou naturais a preços mais baratos e entregar direto aos clientes.

Pagar um preço mais barato e receber o produto na porta de casa, duas receitas que explicam o sucesso da Ultrafarma.

Sidney Oliveira é o dono da Ultrafarma e um exemplo de vendedor de sucesso que ficou mais rico graças às vendas online.

8: Exemplos de Lojas Virtuais de Sucesso: Submarino

Submarino: Comércio eletrônico de sucesso.

Surgiu em 1999 no sentido de ser um dos projetos líderes de vendas online, seguiu na liderança até 2005.

O grande detalhe do Submarino está no fato de funcionar 100% online, sem nada de físico. Perdeu a liderança após as grandes fusões de varejistas como Americanas.com e Shoptime, por exemplo.

No último ano registrou faturamento equivalente a 45 milhões de reais, o que lhe concede o título de grande grupo com foco em ecommerce de sucesso no Brasil.

9: Magazine Luiza. Sucesso em Lojas Virtuais

Magazine Luiza: lojas virtuais de sucesso.

Quando se fala de exemplos de lojas virtuais de sucesso no Brasil não se pode ignorar a onipresença da Magazine Luiza, cujo faturamento líquido foi de 73 milhões de reais no ano passado.

Com a ajuda de dinheiro governamental (BNDES – Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social), a empresa investiu forte não apenas na construção do e-commerce como também nas campanhas de marketing em redes sociais.

No Brasil, a Magazine Luiza também é pioneira em novas formas de se comunicar com o público-alvo. Um exemplo está na personagem Lu, uma atendente virtual que responde todas as perguntas de clientes.

10: Netshoes e Exemplos de Lojas Virtuais de Sucesso

Netshoes é destaque em ecommerce.

Qualquer listagem com exemplos de lojas virtuais de sucesso deve considerar a presença da Netshoes com destaque.

Tudo começou apenas com 2 sócios e uma loja física sem muito sucesso. A dupla enxergou a possibilidade de alavancar as vendas ao investir na loja online Magento.

Nos dois primeiros meses não aconteceu nenhuma venda. Muitas pessoas desistiriam por causa destes resultados, mas a dupla permaneceu forte no investimento.

E não é que o negócio funcionou muito bem!

Após dedicação e coragem, os faturamentos começaram a surgir em níveis recordes, apenas no ano passado a fatura líquida chegou a 2 bilhões de reais.

Nos dias de hoje, a Netshoes figura como um destes exemplos de lojas virtuais de sucesso que lideram o segmento das vendas de artigos esportivos.

11: De Pedreiro a Milionário com Ecommerce. Centralar.com

Da miséria à fortuna!

Quem diria que uma pessoa fosse passar de pedreiro para milionário. Mas, estas coisas são muito mais comuns do que a gente pode imaginar!

João Riquena é natural de Araçatuba, em São Paulo, de uma família pobre.

Ele começou a vida profissional como torneiro mecânico, embora sempre tenha tido esperança de mudar de vida.

Também trabalhou em uma empresa de sal e na fábrica de raquetes de tênis, antes de seguir à vida de pedreiro

Riquena chegou a trabalhar até como boia-fria para não morrer de fome!

Neste ritmo, ele acabou encontrando emprego numa pequena empresa especialista em consertos de ar-condicionado.

Após 3 meses e com uma imensa vontade de vencer na vida, ele pediu as contas na empresa e resolveu trabalhar por conta própria.

Ele foi o próprio marketing, arregaçou as mangas e começou a espalhar panfletos por toda a cidade para anunciar seus serviços de reparação de ar-condicionado.

Com pouco sucesso de início, ele resolveu comprar alguns aparelhos e testar o modelo de vendas para saber se poderia dar certo!

O negócio deu certo!

No começo do século XXI, ele já tinha 5 lojas físicas e milhões de reais na conta do banco.

Com tanto sucesso ele resolveu abrir mais 2 lojas físicas e vender outros tipos de eletrodomésticos.

Mas, estas 2 lojas com muitos produtos não venderam quase nada! Neste momento, ele compreendeu algo importante: “só trabalhe com aquilo que você conhece realmente”.

Então, ele resolveu investir apenas na venda de ar-condicionado, agora na internet, migrando aos poucos os produtos das lojas físicas ao comércio eletrônico.

Ele estava inseguro, porque na época quase não existiam comerciantes eletrônicos disponíveis na internet.

Porém, com coragem, ele seguiu em frente e hoje lidera nas vendas de ar-condicionado online.

Com menos de 56 anos, o pedreiro que vende ar-condicionado fatura todos os anos valores de 9 dígitos no lucro líquido!

12: Academiabnc.com.br. Esoterismo e Sucesso com Riqueza

Riqueza e prosperidade em ecommerce.

O numerólogo cabalístico Carlos Rosa é exemplo de como um ecommerce pode funcionar para vender produtos ou serviços com efetividade.

Carlos Rosa é um numerólogo cabalístico que esteve duas vezes na miséria total, sem ter dinheiro para comprar 1 copo de água mineral.

Embora seja formado em ciências sociais, história, filosofia e psicologia, ele nunca conseguiu lucrar por causa dos diplomas.

A riqueza apenas reapareceu na vida dele após ele fazer um curso de numerologia cabalística em Israel e vender muitos livros sobre o tema.

Como um homem com uma aprimorada visão de negócios, ele começou a vender seus livros e produtos energéticos na internet, conseguindo um sucesso considerável e a liderança no setor cabalístico.

Também começou a vender os cursos e as consultas sobre esoterismo ou prosperidade, anunciando no próprio ecommerce.

Por causa do trabalho na sua loja, Carlos Rosa é um homem que chega a ultrapassar uma receita líquida de seis dígitos anuais, provavelmente.

Carlos Rosa é um dos exemplos de lojas virtuais de sucesso para serviços, embora a loja dele também venda produtos.

13: Clube do Malte e Cervejas Milionárias

Cerveja e ecommerce é uma combinação que funciona.

Este é mais um dos casos nos quais a migração das lojas físicas em ecommerce trouxe apenas mais lucros aos donos do negócio.

Ao perceber uma grande brecha no mercado de internet os donos do negócio investiram com tudo: Nenhuma loja online antes entregava cervejas Premium a domicílios em serviços exclusivos aos assinantes.

Sem concorrência em um mercado com milhões de pessoas apaixonadas por cerveja, não é de se admirar que tal negócio online gere renda acima de 1 milhão de reais anuais.

14: Bebê Store. Lojas Virtuais de Sucesso

Bebê Store: Exemplo de ecommerce que dá certo!

Entre os melhores exemplos de lojas virtuais de sucesso vale destacar a presença da Bebê Store, especialista em acessórios infantis.

Em virtude da baixa concorrência, o negócio conseguiu milhares de reais no primeiro ano.

Bebê Store chamou a atenção de outros investidores que investiram pesado para se posicionar ainda mais como líder! No ano passado a renda líquida foi de 30 milhões de reais.

15: Mobly e Móveis Online

Móveis online no ecommerce Mobly.

Que ideia genial: Comerciar móveis online e oferecer dezenas de opções aos compradores, um modelo de negócios de sucesso no mercado internacional, mas que não tinha nas ofertas brasileiras.

Após uma completa análise de mercado para compreender questões tipo “como precificar móveis”, os donos do negócio atraíram investimentos externos e chegaram às cifras de 100 milhões de reais anuais.

16: Mellow. Trycelery.com

Tecnologia de ponta e loja virtual de sucesso.

Mellow é uma empresa que faz um robô de cozinha mágico sincronizador com smartphone para cozinhar.

O fundador, Zé Pinto Ferreira, estava internado quando percebeu que tudo o que sabia (engenharia mecânica, comida e designer de produtos) poderia se cruzar para criar um trabalho impactante no mundo tecnológico.

Ele teve um feeling de que deveria mudar a culinária caseira de forma incrível.

Usando Trycelery.com como seu ecommerce, Mellow foi lançada e gerou um grande sucesso logo de início.

Existiu a fatura de 64 mil dólares nos pré-pedidos em 3 dias, e, 200 mil dólares no primeiro mês!

A grande sacada de Zé Pinto Ferreira foi enviar releases para a imprensa e convencer 100 repórteres de que o produto é algo impactante no presente tecnologicamente.

17: Lucro em 24 Horas. Sumojerky.com

Mais de 1 mil dólares por dia.

Noah Kagan é conhecido por começar várias empresas e crescer todas em números de receita de 7 a 8 dígitos (incluindo a criação de orçamentos Mint.com).

Como parte do desafio comercial de 24 horas para provar a todos que é possível começar um negócio hoje, Noah perguntou aos seguidores qual negócio ele deveria iniciar para lucrar mil dólares por dia.

Qual foi o resultado? Surge Sumojerky.com, um dos mais fantásticos exemplos de lojas virtuais de sucesso, empreendimento de assinatura para carnes bovinas Premium que registrou lucro de mil dólares em menos de 24 horas.

Noah ganhou três mil dólares na receita total em 24 horas. Para isto ele fez um orçamento básico com objetivo de alcançar a meta dos mil dólares e traçou o perfil dos consumidores em potencial.

De fato, alguns dados estatísticos também foram considerados. Por exemplo, a demanda de carne nos Estados Unidos apenas aumenta anualmente, no último ano o consumo por cada americano quase ultrapassou a casa dos 100 quilos na média.

Ou seja, vender carne para os americanos é um negócio com muitas chances de funcionar por causa da demanda que apenas aumenta rapidamente.

18: Projeto The Great Build

Manual das lojas virtuais de sucesso.

Richard Lazazzera fazia parte da equipe de crescimento da Shopify, onde ajudou a crescer de 60 mil a 200 mil comerciantes na plataforma.

Better Lemonade Stand é o blog dele, no qual ele compartilha guias abrangentes sobre como construir e desenvolver negócios de comércio eletrônico.

The Great Build é um projeto que ele empreendeu para inspirar outros a construir o próprio site de comércio eletrônico.

Lazazzera construiu uma empresa de comércio eletrônico e detalhou o trabalho inteiro no The Great Build.

Embora Richard tenha retido os relatórios de vendas (então não sabemos sobre o ganho), todo estudo de caso é um guia passo a passo incrivelmente detalhado sobre como criar a própria loja de comércio eletrônico.

Ele conseguiu lançar o guia de mais sucesso nos Estados Unidos sobre criação de ecommerce.

19: O Ecommerce de Jessica Alba

Jessica Alba: The Honest Company.

Interessante notar que Jessica Alba também é uma empreendedora de destaque entre os exemplos de lojas virtuais de sucesso acima da média.

Quando estava grávida, ela leu um livro sobre como deixar a casa mais limpa e segura para as crianças.

No livro, Alba aprendeu que a maioria dos produtos é tóxica, mesmo àqueles indicados para bebês.

Como seria uma mãe, ela sabia que tinha responsabilidade de cuidar do bebê. Assim surgiu a ideia de criar The Honest Company.

Alba disse uma vez: “Eu estava realmente inspirada por meus filhos, sendo mãe e querendo o melhor e mais saudável ambiente aos herdeiros”.

A empresa Honest fornece produtos não tóxicos para bebês, tais como fraldas e toalhetes, um dos exemplos de lojas virtuais de sucesso mais populares do mundo atualmente.

Originalmente o negócio começou como um serviço de assinatura, mas ao longo dos anos cresceu na forma de loja de comércio eletrônico.

À medida que a popularidade crescia, uma expansão para o varejo físico logo se desenvolveu rapidamente.

Conforme The Wall Street Journal, uma nova rodada de financiamento significou que a empresa passou a ser avaliada em 1.7 bilhão de dólares no ano passado.

A grande sacada na história de arranque de comércio eletrônico da Alba foi encontrar um mercado desatendido.

20: Amazon. O Mito do Ecommerce!

Amazon: Rei do Varejo.

Jeff Bezos deixou seu trabalho executivo na empresa de fundos de hedge para começar um negócio online, porque viu que a internet crescia numa taxa recorde.

Bezos disse uma vez: “O despertar foi encontrar uma surpreendente estatística de que o uso da web na primavera de 1994 estava crescendo em 2.300 por cento ao ano. Você sabe, as coisas simplesmente não crescem tão rápido. É muito incomum, e eu pensei: Que tipo de plano de negócios faz sentido no contexto desse crescimento?”.

Ele começou o empreendimento online na garagem. A Amazon originalmente se iniciou como livraria.

Durante a temporada de férias, ele começou a introduzir outros produtos como brinquedos para aumentar as vendas.

Eventualmente, a Amazon tornou-se “toda a loja”, vendendo todos os produtos imagináveis ​​em um único site.

No entanto, ele introduziu outros produtos na loja lentamente.

Hoje, a Amazon tem uma própria linha de produtos de marca, mas permite que outros vendedores vendam no ciberespaço. Essa estratégia também permitiu ao negócio crescer ainda mais rapidamente.

Uma lição da Amazon: Inicie com foco de nicho singular. Depois de ter audiência maciça, comece a expandir para outras categorias de produtos ainda relevantes.

Por exemplo, você pode começar como empresa de joias, se expandir para acessórios, depois moda e assim por diante.

Outra coisa importante para tirar da história Amazon é que, ao permitir que outros vendedores tenham acesso à venda na plataforma, existe a possibilidade de oferecer aos clientes uma maior seleção de produtos, além de ganhar dinheiro com taxas mensais dos comerciantes.

Por causa destes e outros segredos se pode considerar como um dos maiores exemplos de lojas virtuais a Amazon, praticamente uma pioneira em vendas online.

21: Sara Blakely é um dos Exemplos de Lojas Virtuais de Sucesso com Spanx

Outro exemplo de loja virtual de sucesso.

A ideia nasceu do desejo de ter algo para vestir sob a roupa, que não cria linhas, especificamente nas calças brancas.

Ela não tinha experiência em negócios ou moda e estava vendendo máquinas de fax de porta em porta no momento que teve a ideia.

Sara pegou todas as economias, aproximadamente 5 mil dólares, para começar a Spanx.

Hoje, Sara Blakely combina a presença física comercial com uma loja online de sucesso.

O patrimônio líquido pessoal é de 1 bilhão de dólares, pois ela representa a única proprietária da Spanx, tornando-se a mais nova mulher bilionária nos Estados Unidos com ecommerce.

Spanx se destaca entre os exemplos de lojas virtuais de sucesso. A principal lição de Sara Blakely é que você precisa ser engenhoso para ter sucesso.

Quando ela começou o negócio procurou fabricantes para criar um produto ideal e continuou procurando até encontrar 1 modelo perfeito.

Quando ela não tinha recursos financeiros para contratar um advogado, assumiu o papel para aprender a criar a própria patente.

Ela ultrapassou todos os obstáculos no caminho do sucesso. Sara sempre conseguiu encontrar a solução para alcançar objetivos.

22: Alibaba e Jack Ma. Exemplos de Lojas Virtuais de Sucesso

Ecommerce mais rico do mundo.

Jack Ma não parecia ser um tipo de ser-humano nascido para o sucesso.

Ele cresceu pobre, estava desempregado, também entrou na pior universidade da China depois de falhar no exame de admissão duas vezes.

No entanto, a capacidade de superar a adversidade eventualmente abriu caminho para ele criar um império multimilionário e se tornar o maior dos exemplos de lojas virtuais de sucesso no mundo.

Depois de dois negócios comerciais fracassados, ele reuniu os amigos e perguntou se gostariam de investir no negócio – Alibaba. A empresa cresceu rapidamente.

Logo depois, eles receberam investimentos de grandes empresas em todo o mundo. O IPO da Alibaba foi o maior já registrado em 25 bilhões de dólares.

Hoje, Jack Ma é estimado em 30 bilhões de dólares, uma celebridade na China, pois ajudou inúmeras pequenas empresas a virarem impérios maciços.

Jack Ma disse uma vez: “Ajude os jovens. Ajude os pequenos rapazes. Porque gente pequena será grande. Os jovens terão as sementes que você enterra nas mentes deles, e, quando crescem, mudam o mundo”.

A principal lição da história de inicialização do comércio eletrônico de Jack Ma é não parar por causa dos obstáculos no caminho.

Jack Ma falhou em dois exames de admissão antes de ser aceito na universidade.

Dois dos negócios dele falharam antes de ele criar um império de bilhões de dólares.

Ele teve que pedir investimentos aos amigos antes de receber dinheiro de grandes bancos, Yahoo e outras empresas notáveis.

O Jack não nasceu com privilégios especiais, embora seja um notório entre os exemplos de lojas virtuais de sucesso em níveis globais.

Ele trabalhou duro, acreditou nele mesmo e não desistiu jamais.

Outra frase dele para levar em conta é que “se ajudar os outros a ganhar dinheiro, você também vai lucrar financeiramente”.

23: Um Produto do Meio: Michelle Phan é Vendedora de Sucesso

Ipsy: Ecommerce de Michele Phan.

Michelle Phan começou a carreira como YouTuber onde publicou regularmente vídeos relacionados à beleza.

Quando ela iniciou o canal em 2007, 40 mil pessoas assistiram os vídeos na primeira semana. Hoje tem 8 milhões de assinantes.

À medida que a base de audiência cresceu, ela notou que as pessoas estavam constantemente pedindo os melhores produtos, o que levou ao nascimento de Ipsy.

O Ipsy é um serviço de assinatura de beleza no qual os clientes obtêm amostras de produtos de tamanho completo adaptados a perfis diferentes, em um saco de beleza, a cada mês.

Phan disse: “Todo desenvolvimento que faço é com a ajuda de consultores de negócios que são mais como meus melhores amigos do que apenas empresários. Eles me ajudaram quando criei Ipsy em 2010… “.

Em 2014, ela lançou cosméticos com a L’Oreal.

Phan acabou levando a própria marca de cosméticos em volta da L’Oreal e está preparada para relançar o novo selo cosmético.

Hoje, estima-se que Phan vale 500 milhões de dólares. Ela também foi incluída na Forbes (Maiores Influenciadores da Mídia) no Top 30 abaixo dos 30 anos!

A principal lição da história de inicialização de comércio eletrônico de Phan é fazer uma audiência organicamente, antes de começar um negócio.

Depois de criar uma audiência e entender quais são as necessidades, você vai ser mais capaz de vender o produto.

Com muita audiência, você também pode ter uma grande chance para comercializar seus produtos, dando ao negócio um impulso significativo.

24: A História de Michael Dubin

Ecommerce que vende aparelho de barbear a 1 dólar.

O Michael Dubin não é destes vendedores conhecidos que fazem vídeos virais em questão de minutos, mas ele também venceu, um dos exemplos de lojas virtuais de sucesso com perfil diferente de vendas.

A história de Michael Dublin demonstra que não existe apenas uma receita básica para chegar ao sucesso em termos de ecommerce, mas sim diversas formas!

A marca dele, Dollar Shave Club, explodiu em popularidade após um video de baixa qualidade no qual ele apenas apresenta os serviços da empresa.

Dollar Shave Club é um serviço de assinatura que vende máquinas de barbear por 1 dólar.

No ano passado, a Unilever comprou Dollar Shave Club por 1 bilhão de dólares, embora Dublin ainda seja o CEO.

Este modelo de negócios é único, pois a maioria das lojas não vende máquinas de barbear por 1 dólar.

Não existiram investimentos bilionários em marketing, apenas um vídeo animado com uma oferta imbatível para demandas de homens que apenas aumentam no sentido de comprar máquinas de barbear baratas.

25: Pixie Faire. Exemplo de Loja Virtual de Sucesso

Exemplos de lojas virtuais de sucesso em nicho específico.

O logotipo da Pixie Faire representa a própria história de sucesso no comércio eletrônico.

Além de titãs como a Amazon, você tem pequenas histórias de sucesso de comércio eletrônico que são impressionantes: Pixie Faire, por exemplo.

Este negócio vende digitalmente desenhos de roupas de boneca online e foi iniciado em casa.

Tudo começou com costura e venda de artigos físicos de roupas de bonecas para pedidos numa loja no eBay.

Mas, em pouco tempo, a demanda por produtos se tornou grande demais para a terceirização de fabricação, o que os produtores queriam evitar.

A solução? Fazer os próprios padrões digitais!

O resultado? Este negócio explodiu, e hoje o site controla a atenção de um nicho de mercado inteiro para roupas personalizadas de bonecas.

Algumas das maiores táticas que o Pixie Faire atribui ao crescimento como um dos exemplos de lojas virtuais são:

  • Campanhas de e-mail marketing;
  • Propagandas de vídeos;
  • Movimentação da loja para um sistema de gerenciamento de conteúdo amigável em comércio eletrônico;
  • Estratégia de produto clara focada em um mercado vazio no nível de oferta.

O Segredo do Negócio: Planejar uma estratégia de produto cuidadosamente orientada pode fazer toda a diferença.

Mas, mesmo que tenha um produto qualitativo em mãos, você precisa de um site efetivo para comerciar.

Conclusão Sobre os Exemplos de Lojas Virtuais de Sucesso

Criar loja Magento profissional.

Ao perceber as histórias dos 25 exemplos de loja virtual de sucesso você pode notar que a perseverança aliada à ideia criativa quase sempre resulta no boom das vendas.

Mas, você também precisa de um site com qualidade, capaz de vender sem registrar erros no processo, construído via melhor plataforma ecommerce do mundo, claro, Magento!

Atualizações de extensões Magento, manutenção de rotina, atualizações de versões, auditoria de segurança, otimização, enfim, existem diversas etapas para um site de vendas ser profissional e estar apto para concorrer com grandes varejistas.

Além disso também é preciso definir horas de suporte mensal para consultoria, treinamento on-line, correções de bugs, suporte para design gráfico, integração e outros aprimoramentos ou outras modificações.

Uma extensão de comércio eletrônico que ajuda você a rastrear e recuperar carros abandonados enviando notificações por e-mail, que liga de volta ao carrinho com código de cupom opcional como incentivo de compra – coisas como estas fazem a diferença em pró dos vendedores.

Se a sua loja ainda não estiver usando lembretes de carrinho, há uma evidente chance de perder clientes

Com esta extensão de carrinho abandonada para Magento, você pode construir uma estratégia de recuperação, usar lembretes de e-mail e muito mais.

Incentivar cupons, modelos de notificação personalizados e alertas rotineiramente programados são todas funções típicas das melhores extensões Magento.

Realmente, os usuários do Magento não precisam de preocupação se escolhem o CMS certo para começar as próprias histórias de sucesso de comércio eletrônico.

Para garantir que um site tenha o necessário para vender melhor os produtos, extensões e manutenção regular são coisas necessárias.

Com objetivo de criar ou fazer a manutenção perfeita da loja Magento vale a pena selecionar os serviços da Addstore.com.br, especialista na criação dos melhores exemplos de lojas virtuais de sucesso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.